convido a ouvir enquanto por aqui anda...

2014/10/24

couves de Lanzarote

Tal como Saramago, também me apaixonei por Lanzarote, aquela mundo lunar e inóspito, mas tão belo. Fascinaram-me os vulcões, a cor ciano e linpidez da água do mar e os produtos que toda aquela terra vulcânica consegue produzir... das vinhas às hortas,  aos cactos e à Cochonilha do carmim... maravilhas da natureza e da mão do Homem. Conto lá voltar .

6 comentários:

  1. Vistas assim, pela cor metálica que possuem, até parecem ser umas couves extraterrestres. E além disso, não existem ervas daninhas... Será portanto, nessa perspectiva, uma terra que é um paraíso para qualquer agricultor.
    :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Remus, é realmente uma espantosa terra, onde a improvável agricultura existe mesmo e foi a principal fonte de subsistência das suas gentes... beijinhos e bom fds :)
      http://terravistadoceu.com/foto/videiras-regiao-de-geria-lanzarote-ilhas-canarias-/

      Eliminar
  2. Parabéns, MARIAM !

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João, obrigada! Beijinhos e bom fds :)

      Eliminar
  3. Lanzarote, nunca me despertou interesse, mas só conheço boas criticas..
    Um dia destes vou-me render a elas...
    Beijinho e bons clicks

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João, eu realmente adorei! Obrigada pela 'visita' e palavras aqui deixadas. Beijinhos :)

      Eliminar