convido a ouvir enquanto por aqui anda...

2016/04/16

poema


8 comentários:

  1. Um bonito efeito dado pelas sombras.
    Adorei a delicadeza da cor.

    Beijos Mariam

    ResponderEliminar
  2. Pela beleza do POEMA, Maria !

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João Menéres, obrigada! beijinhos :)

      Eliminar
  3. Visto assim, já que parece-me que seja uma videira, diria que é um poema ao vinho.
    :-P

    Acho que esta conversão para o sépia (acho que podemos chamar assim) resultou em cheio. E digo isto como forma de um grande elogio, porque regra geral, até nem aprecio fotografias em sépia. Mas por vezes lá existem algumas em que adoramos. Esta fotografia é um desses casos.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Remus, obrigada! [certas imagens aos meus olhos são poesia, esta, feita num Maio qualquer, bem pode ser um madrigal ou uma ode ao mágico processo do vinho, desde a cepa ao copo (não bebo mas adorava saber apreciar um bom vinho...)] beijinhos :)

      Eliminar